domingo, 10 de maio de 2009

só peço que não deixe morrer esse fragmento que ainda sente amor.

Um comentário:

Beatriz Cordeiro disse...

talvez se vc colocasse mais posts com maior frequência (ausência de trema me irrita)