sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

ah, a utópica liberdade...
muitas pessoas não querem se "prender" a alguma pessoa;
outras, a algum emprego;
a alguma cidade...
e nunca se libertam da própria mediocridade.
como se alguém, alguma coisa ou uma situação
é que as impedissem de progredir.

2 comentários:

Mari Vilani disse...

Uau! Simples, objetivo e mais que eficiente!Adorei!

Meire disse...

eu finjo sabe, que sou livre, e dou uma de 'porra louca', largo emprego, não faço uma tal prova importante, dizendo que tenho o direito de escolher se quero ir ou não. Mas na verdade, é o meu medo, meu medo de errar, meu medo de sofrer...que me impede, que me trava.



momento desabafo mode on.